últimos pedidos

  •  
    France, ROMAIN M.
  •  
    Portugal, José Eduardo S.
  •  
    Portugal, virginia M.
  •  
    Serbia, Mihajlo H.
  •  
    France, Emélie S.
  •  
    Sweden, Anna Ã.
  •  
    Portugal, marisa P.
  •  
    Portugal, Paulo C.
  •  
    Greece, ΓΙΩΡΓΟΣ Î.
  •  
    Greece, Pentidis P.
  •  
    Portugal, Nuno R.
  •  
    Greece, mixalis T.
  •  
    Portugal, Rui S.
  •  
    France, larbi Y.
  •  
    France, Juliano B.
  •  
    Portugal, Ricardo Miguel Camarão S.
  •  
    Serbia, Marko K.
  •  
    Portugal, Antonia L.
  •  
    Italy, Ilaria G.
  •  
    United States, sefik Z.

Sementes de Tomate italiano CUOR DI BUE

Sementes de Tomate italiano CUOR DI BUE

Preço para o pacote de 10 sementes.

Variedade tradicional ITALIANA. Tomates de até 800 g, de sabor inacreditével, deliciosos em saladas ou simplesmente fatiados com queijo mozzarella e orégano. Nome Comum: Tomate, Tomate Cuor di Bue. Nome Científico: Lycopersicum esculentum Mill. Nomes Populares: Tomate. Família: Solanaceae.

Mais detalhes

466 itens em stock

Apenas online

1,85 €

Adicionar à minha lista de desejos

Programa de fidelidade Sem pontos para este produto.


Sementes de Tomate italiano CUOR DI BUE

Preço para o pacote de 10 sementes.

Variedade tradicional ITALIANA. Tomates de até 800 g, de sabor inacreditével, deliciosos em saladas ou simplesmente fatiados com queijo mozzarella e orégano.

Nome Comum: Tomate, Tomate Cuor di Bue.

Nome Científico: Lycopersicum esculentum Mill.

Nomes Populares: Tomate.

Família: Solanaceae.

 

Origem/História:

O tomateiro é originário da América do Sul. Alguns botânicos atribuem a origem do cultivo e consumo do tomate como alimento, à civilização Inca do antigo Peru, por ainda persistir naquela região, uma grande variedade de tomates selvagens e algumas espécies domesticadas apenas ali conhecidas. No entanto a sua domesticação terá ocorrido no México onde foi largamente cultivado pelos Astecas.

Foi a partir do México que o tomate foi introduzido na Europa em meados do séc. XVI. As primeiras espécies de tomates foram baptizadas de pomodoro pelos italianos pois eram amarelas, parecendo "maçãs douradas". Os primeiros registros da espécie vermelha deste fruto na Europa tem como data o ano de 1554. A cultura foi rapidamente adoptada em Espanha e Itália, enquanto no resto da Europa, as primeiras plantas eram consideradas venenosas e eram utilizadas apenas como ornamentais. Nas primeiras décadas do séc. XX. O tomate sofreu uma grande expansão mundial, resultado do desenvolvimento da indústria transformadora e de processamento.

 

Descrição:

O Tomate é uma planta herbácea, de porte arbustivo, perene mas é cultivada como anual. Possui um sistema radicular aprumado e relativamente profundante. O seu porte pode variar entre erecto e semipostrado, atingindo alturas entre os 0,5 a 2 m. As folhas de tomateiro são alternas, compostas, imparipinuladas, com 7 a 9 folíolos pubescentes.

O tomate cereja possui folhas mais pequenas. As inflorescências de tomates são cimeiras bíparas que se diferenciam no meristema apical do caule, assumindo no entanto, uma posição lateral entre as folhas e o caule. As inflorescências possuem entre 5 a 12 flores, sendo estas completas, hermafroditas e de corola amarela. O fruto do tomateiro é uma baga plurilocular com forma, cor e peso variáveis consoante as cultivares. A forma do fruto do tomateiro pode ser redonda, alongada, piriforme ou outra. A cor do tomate, quando o fruto está maduro, pode ser amarela, rosada, laranja ou vermelha.

 

Sementeira:

Semear as sementes de tomateiro no local definitivo entre Abril e Maio ou em estufa ou estufim entre Janeiro e Março. A temperatura óptima do solo ou do substrato para a germinação situa-se entre os 18-30 Cº.

 

Transplantação:

As plantas de tomateiro devem ser transplantadas com uma altura de cerca de 12-15 cm e com cerca de 4 folhas verdadeiras expandidas. As plantações devem ser efectuadas entre Março e Junho.

 

Luz:

O tomate é uma cultura muito exigente em quantidade de luz.

 

Temperatura:

Cultura de estação quente. A temperatura óptima para o desenvolvimento vegetativo dos tomates situa-se entre os 18-25 Cº.

 

Humidade:

A humidade relativa óptima para o tomate em estufa, situa-se entre os 70 a 80%.

 

Solos:

Adapta-se a diversos tipos de solo, preferindo os solos profundos, de textura franca ou areno-argilosa e bem drenados. Prefere solos com pH entre 5,5 a 7,0.

 

Resistência:

Sensível à geada.

 

Rega:

Regular. Importante na fase de floração e vingamento dos frutos. O tomate não tolera o encharcamento do solo.

 

Adubação:

Aplicar adubo para hortícolas. Fazer uma aplicação em fundo.

 

Pragas e Doenças:

Ácaros, afídeos, alfinete, cicadela, escaravelho, lagarta do fruto, lagarta da folha, larvas mineiras, melolonta, mosca branca, ralos, roscas, tripes, nematodes, scutigerela, alternariose, antracnose, cladosporiose, fusariose, míldio, oídio, podridão do pé, podridão branca e cinzenta, suberose, murchidão das plântulas, verticilose.

 

Multiplicação: Semente.

Colheita e Pós-Colheita: O tomate para consumo em fresco pode ser colhido em qualquer estado de amadurecimento, desde o verde-maduro ao maduro. Os frutos de tomateiro podem ser colhidos com ou sem cálice.

O tomate deve ser conservado no frio a temperaturas entre os 8-12 Cº.

 

Utilização:

O tomate pode ser comercializado fresco ou processado, podendo o fresco ser consumido cru ou cozinhado. Quando processado pela indústria pode ser apresentado na forma de concentrado (sendo a base para o fabrico de molhos, sumos, Ketchup e sopas), enlatado ou desidratado.

O tomate é um alimento rico em licopeno (média de 3,31 mg em 100 gr), vitaminas do complexo A e complexo B e minerais, como o fósforo e o potássio, além de ácido fólico, cálcio e frutose. Quanto mais maduro, maior a concentração desses nutrientes.

O tomate é composto principalmente por água, possuindo aproximadamente 14 calorias em 100 gramas. Alguns estudos comprovam a sua influência positiva no tratamento do cancro, pois o licopeno, pigmento que dá cor ao tomate, é considerado eficiente na prevenção do cancro da próstata e no fortalecimento do sistema imunológico.

O tomate é um excelente vigorizador do organismo, purificador do sangue, combate doenças do fígado, o desgaste mental, perturbações digestivas e pulmonares, sendo contra-indicado para pessoas que sofram de fermentações gástricas e acidez no estômago. O sumo de tomate puro servido com salsa ajuda a dissolver cálculos renais e, exerce efeito antisséptico no corpo, neutralizando resíduos ácidos.

Sem comentários de cliente neste momento.

Apenas utilizadores registados podem colocar um novo comentário.

Brand:
Product: Sementes de Tomate italiano CUOR DI BUE
Description: Sementes de Tomate italiano CUOR DI BUE Preço para o pacote de 10 sementes. Variedade tradicional ITALIANA. Tomates de até 800 g, de sabor inacreditével, deliciosos em saladas ou simplesmente fatiados com queijo mozzarella e orégano. Nome Comum: Tomate, Tomate Cuor di Bue. Nome Científico: Lycopersicum esculentum Mill. Nomes Populares: Tomate. Família: Solanaceae.
Category: Home
Price at : 1.85 EUR
Availability: (466 items)
Product rating for Sementes de Tomate italiano CUOR DI BUE: 5 / 5 (1 total votes, 1 total reviews)
Visit our Google+ profile

Clientes que compraram este produto também compraram...

Carrinho  

Sem produtos

Expedição 0,00 €
Total 0,00 €

Encomendar

Comentários de clientes

Customer: Igor Lekic
From: Beograd Srbija


Really express and professional stuff. I got my order in few days, and everything was nicely packed and delivered. I am happy with seeds. Hope i will grow few nice looking bonsai trees :) All recommendations !

User Online

User Online: 27
Today Accessed: 4944
Total Accessed: 1039461
Your IP: 54.205.0.26